Uma catedral rejuvenescida em Santiago abrirá suas portas em 30 de dezembro para o início do Xacobeo

O templo revela uma nova imagem ao final do trabalho de restauração iniciado há mais de uma década e reabre após um fechamento total em 15 de novembro

 A Catedral de Santiago reabrirá suas portas ao público no dia 30 de dezembro, quando serão concluídas as obras de restauração de seu interior. Receberá, nessa data, a missa de translação, e no dia 31 ocorrerá a abertura da Porta Santa, para dar início ao Xacobeo 2021. As obras incluíram pilares, vitrais e várias esculturas. Conseguiu-se também recuperar o órgão e melhorar a iluminação, o que nos permite admirar o altar-mor – também restaurado – em todo o seu esplendor . As obras foram realizadas no âmbito de um plano de regeneração total da Sé, lançado desde 2009 em colaboração entre o Governo e a Xunta de Galicia.

A música do órgão renovado abriu o ato de apresentação dos resultados da primeira restauração a que está sujeita a basílica, que preserva todos os estilos e modificações arquitetônicas a que foi submetida ao longo de oito séculos de história. Uma obra que o Arcebispo de Santiago, Julián Barrio, qualifica de excelente e que também permite garantir a conservação do edifício que apresentava falhas estruturais importantes. Mais de 17 milhões de Euros foram investidos nesta parte da restauração. Na apresentação da restauração com a participação do presidente da Xunta, Alberto Núñez Feijóo, o delegado do Governo na Galiza, Javier Losada, o prefeito de Santiago, Xosé Sánchez Bugallo, o arcebispo da cidade, Julián Barrio, e o Decano do Cabildo, Segundo Pérez.

A restauração termina a tempo para o início do Xacobeo, em 31 de dezembro com a inauguração da Porta Santa. O ano sagrado começará sem peregrinos e com capacidade limitada. Para o presidente da Xunta, o ano será tão “especial” como os outros, mas insistiu, durante a sua intervenção, que a participação será marcada pelas circunstâncias da pandemia. Feijóo acredita que a Galiza pode vencer com o mesmo espírito de quem construiu a catedral: “os mesmos homens e mulheres que fizeram a Galiza passar de fim ao princípio do mundo podem vencer e triunfar sobre a desgraça”, frisou.

O delegado do Governo na Galiza, Javier Losada, ressaltou que o investimento do Executivo central ultrapassará os 90 milhões (de Euros), entre a catedral, as estradas de Santiago e o Xacobeo: “O Governo de Espanha é o primeiro peregrino no caminho de Santiago. Há anos prepara estradas e tem trabalhado incansavelmente para que a estrada responda às necessidades dos visitantes ”, acrescentou.

Publicado por El País em 18 de dezembro de 2020

Detalhes do Evento