Romantische Strasse – Estrada Romântica – Alemanha



Por: José Luiz Ferreira

Atendendo a várias solicitações de interessados neste percurso, faço em seguida uma breve descrição desta aventura:

A Estrada Romântica começa em Wursburg, seguindo para o sul da Alemanha, na Baviera, até Fussen, próximo aos Alpes.

Para chegarmos a Wursburg fomos de ônibus partindo de Frankfurt.

O percurso foi dividido em 13 etapas, onde reservamos hotéis e albergues considerando as distancias possíveis de se caminhar em um dia (em torno de 30 a 40 km). Ficar nos albergues da juventude não foi uma boa opção de hospedagem para nós, por não oferecerem conforto e privacidade e ter o preço semelhante aos pequenos hotéis da cidade. È grande a oferta de hospedagem e sendo um grupo pequeno não há a necessidade de reserva.

O grupo que saiu de Florianópolis tinha mais de 40 pessoas, mas foi naturalmente dividido em vários sub-grupos de acordo com afinidades pessoais, interesses, etc.

Uns foram com o propósito de fazer o turismo tradicional usando ônibus, carros e trens como locomoção. Outros andavam 5, 10, 15 km e pegavam um meio de transporte para chegar ao destino daquele dia, previamente definido. Outros ainda (4 a 6) tinham como objetivo fazer todo percurso a pé e somente quando a distância ultrapassava os 45 km se utilizou transporte. O bom deste caminho é que possibilita estas várias opções ao viajante, sem no entanto perder o seu encanto.

Quem fez o percurso de carro ou trem teve a vantagem de chegar cedo ao ponto de pousada e aproveitar melhor a cidade, visitando os pontos turísticos, fazendo compras etc.

Por outro lado, quem fez o percurso a pé apesar de chegar por volta das 16 horas, teve o privilégio de conhecer as pequenas comunidades por onde passava e desfrutar das paisagens e até se perder nas inúmeras variantes da ciclovia. Para estes, a caminhada foi muito desgastante por ser feita totalmente em ciclovias asfaltadas e raramente cascalhadas. Embora não há grandes elevações (subidas e descidas) exige muito dos pés, principalmente quando se carrega a mochila. Não vimos outras pessoas fazendo este caminho a pé, mas somente de bicicleta.

A paisagem, realmente é um atrativo fantástico: são campos cultivados, pastagens, bosques, reservas biológicas e pequenas comunidades com suas casas bem cuidadas, jardins e flores nas janelas e balcões. Bastantes árvores frutíferas produzindo (maçãs, peras, ameixas) ladeando a estrada.

Outra coisa que nos surpreendeu foi a receptividade e alegria dos alemães desta região. Sempre nos recebia com amabilidade e um sorriso de boas-vindas seja no campo ou na cidade.

A comida farta e saborosa com preços compatíveis com os nossos e predominando pratos com carne suína e saladas. O famoso joelho de porco com repolho em torno de 11 Euros, bife com batatas em torno de 20 Euros. O caneco de cerveja de 1 litro 7 Euros.

As fotos de José Luiz Ferreira podem ser vistas em seu álbum na Web, clicando aqui